Procedimentos

Conheça nossos procedimentos

Adenoidectomia

(Google Imagens)

Cirurgia realizada para remover o tecido linfóide localizado na parte posterior do nariz e que causa obstrução nasal crônica. Não possui corte externos.
Geralmente realizado em crianças, as quais sofrem de respiração pela boca cronicamente. Estes pacientes costumam ter sinusites de repetição, sono agitado, mau rendimento escolar e dificuldade em ganhar peso. Não há idade correta para operar, logo, o paciente que apresentar hipertrofia adenoideana e os sintomas acima é bom candidato para realizar a cirurgia.
O procedimento deve ser executado sob anestesia geral e, na maioria dos casos,o paciente recebe alta no mesmo dia.

 

Os resultados são rápidos e normalmente os paciente já apresentam melhora respiratória já no primeiro dia.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Amigdalectomia

Resultado de imagem para amigdalectomia

(google imagens)

Procedimento cirúrgico realizado em pacientes que apresentam infecções crônicas das amígdalas, roncos devido ao aumento das amígdalas palatinas, mau hálito devido ao acúmulo de secreção nas criptas, entre outros, devendo ser realizado sob anestesia geral. Na maioria dos casos, não há necessidade de internação hospitalar e o paciente recebe alta no mesmo dia.
Os cuidados pós-operatórios incluem, inicialmente, uma dieta a base de alimentos com consistência líquida e pastosa, mas a rápida recuperação permite que em poucos dias a alimentação seja normalizada.

A amigdalectomia é realizada sem cortes externos e os pacientes geralmente retornam às suas atividades precocemente.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Septoplastia 

(Google Imagens)

Realizada para a correção dos desvios do septo nasal, as septoplastias geralmente melhoram muito a respiração dos pacientes e permitem o retorno precoce às atividades. Não necessitam de tampão nasal na maioria dos casos e nem de internação hospitalar, podendo ser realizadas em regime ambulatorial, sob anestesia geral ou sedação.
Os principais sintomas dos pacientes que se submetem à septoplastia são: obstrução nasal (“nariz trancado”), respiração pela boca, sono agitado e ressecamento bucal devido à respiração oral durante a noite.
O processo de recuperação é rápido e normalmente os pacientes estão aptos a retornarem às suas atividades em poucos dias.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Turbinoplastia

 

(Google Imagens)

Esta cirurgia tem o intuito de redução das conchas nasais inferiores, trazendo melhora significativa na respiração e qualidade de vida do paciente. O procedimento geralmente é realizado por videocirurgia, sob anestesia geral ou sedação.
Os pacientes que se submetem à turbinoplastia normalmente apresentam os seguintes sintomas: obstrução nasal, secreção nasal, respiração pela boca e sono agitado.
Muitos pacientes portadores de rinite alérgica apresentam aumento dos cornetos inferiores nasais e relatam importante melhora na qualidade de vida após realizar a cirurgia.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Videosinusectomia

A sinusite se define pela inflamação dos seios paranasais e pode ser aguda ou crônica (mais de 3 meses contínuos de sintomas).  Na sinusite aguda os germes causadores podem ser vírus ou bactérias. No primeiro caso, geralmente a infecção é tratada com medicamento antigripal; já no segundo caso, a doença geralmente se inicia por resfriado comum ou gripe, e, logo após, os sintomas se prolongam por vários dias, necessitando de tratamento mais agressivo, tais como antibiótico e corticóide.
A sinusite crônica pode ser dividida em com ou sem pólipos nasais. Os pólipos são estruturas arredondas e “gelatinosas” que preenchem as cavidades nasais e frequentemente estão associados com asma brônquica. Muitos casos de sinusite crônica necessitam de tratamento cirúrgico para promover a abertura das cavidades nasais e maior aeração nasal. Este procedimento geralmente é realizado com videocirurgia e raramente necessita de cortes.
Os pacientes que realizam cirurgia para sinusite crônica normalmente recebem alta no mesmo dia e não necessitam de internação hospitalar, retornando rapidamente às suas atividades. Historicamente a taxa de complicações é pequena e, quando ocorrem, raramente são graves.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Videocirurgia nasal para tumores de base de crânio

(Google Imagens)

Cirurgia realizada juntamente com a equipe de neurocirurgia para tumores de base de crânio e fossa anterior. Trata-se de cirurgia mais conservadora que o método tradicional, pois não apresenta cortes externos e permite alta hospitalar precoce.
O procedimento apresenta ótima relação custo-benefício, tanto pelos custos quanto pela inexistência de cicatrizes externas.

Os tumores de hipófise e clivus são os mais comumente operados pela via endonasal.  A indicação desta via de cirurgia depende, entre outros fatores, do tamanho e da localização do tumor.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Rinoplastia

Imagem relacionada

(google imagens)

Cirurgia para a harmonização estética nasal, preferencialmente realizada juntamente com as septoplastias. Podendo ser realizada com anestesia geral ou com sedação. Nos casos de pacientes que queixam-se conjuntamente da estética e da obstrução nasal, indica-se, preferencialmente, a realização conjunta das duas cirurgias.
Em alguns casos a técnica utiliza-se de pequena incisão na base do nariz, normalmente sem deixar cicatriz perceptível. O curativo externo nasal permanece por 15 dias, porém o paciente geralmente é liberado para retorno às atividades antes deste período.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Timpanotomia com colocação de tubo de ventilação

Resultado de imagem para timpanotomia

(google imagens)

Indicada nos casos de otite média serosa (líquido atrás do tímpano) e otites médias de repetição. Nessas situações, o tubo permite maior aeração do ouvido médio e recuperação da doença ao decorrer de meses. O tubo geralmente cai espontaneamente ao decorrer de um ano, e necessita de cuidados frequentes para o paciente não mergulhar.
Os pacientes que apresentam essas doenças são normalmente crianças, porém podem ocorrer em adultos. Normalmente os pacientes apresentam melhora significativa da audição após a realização da cirurgia. O aproveitamento escolar das crianças geralmente melhora enormemente e isso faz grande diferença na linguagem futura do paciente.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Uvulopalatoplastia

Resultado de imagem para uvulopalatoplastia

(google imagens)

Realizada para a redução dos tecidos redundantes da faringe e melhoria de roncos e apnéias. Nos casos de aumento da musculatura da faringe, os pacientes apresentam roncos com frequência, prejudicando tanto o sono do paciente quanto do cônjuge ou companheiro.
A melhora dos distúrbios do sono acarreta não somente redução da sonoridade no período de repouso, mas uma importante melhora da qualidade de vida diurna, com diminuição da sonolência e melhoria do aproveitamento no trabalho e atividades em geral.

O procedimento é realizado com anestesia geral e geralmente não necessita de permanência hospitalar.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Timpanoplastia e mastoidectomia

(Google Imagens)

Realizadas nos casos de infecções crônicas dos ouvidos. Na primeira, tenta-se a reconstrução do tímpano. Já nas mastoidectomias a infecção acomete o osso temporal e necessita ser abordada mais amplamente.
As perfurações de tímpano, além de causar perda auditiva, podem ocasionar otites crônicas. Pacientes acometidos por perfurações de tímpano tem sua qualidade de vida bastante reduzida, pois frequentemente apresentam secreção auricular com mau cheiro e desconforto para o paciente, necessitando de uso de antibióticos frequentemente.

No casos das infecções mais agressivas, os pacientes desenvolvem doenças graves no osso temporal (ex: colesteatoma) e necessitam de uma cirurgia mais ampla para remoção da doença das células da mastóide.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Microcirurgia de laringe

Resultado de imagem para laringe

(google imagens)

Realizada para melhora funcional da voz e nos casos de tumores iniciais das pregas vocais. Pacientes que percebam piora da voz (rouquidão, disfonia) devem procurar realizar uma avaliação mais precisa sobre seus problemas.
As alterações vocais podem ser oriundas de doenças funcionais (sulco, pólipo, nódulo, granuloma, pontes de mucosa) ou tumorais. As lesões podem ser pré-malignas, como as leucoplasias, que quando diagnosticadas e tratadas precocemente, possibilitam a cura da doença num estágio inicial.

Doenças de mobilidade das pregas vocais como paralisias ou disfonias neuromusculares (ex: disfonia espasmódica, tremor vocal) também entram no diagnóstico diferencial das laringopatias. A microcirurgia de laringe é realizada sob anestesia geral e geralmente permite a alta hospitalar no mesmo dia. Costumam ser indolores.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Adaptação de prótese auditiva

(Google Imagens)

Os aparelhos auditivos são indicados nos pacientes com perda auditiva e que se beneficiam com a adaptação do dispositivo. Normalmente as próteses são discretas e dotadas de cada vez maior tecnologia.
Uma queixa frequente no passado era referente ao ruído dos aparelhos, que acabava por ocasionar o abandono do uso pelo paciente. Hoje em dia, devido à modernização das próteses, os ruídos são menos frequentes, tornando sua utilização mais confortável para o paciente.

As próteses auditivas também podem ser recomendadas a pacientes com queixa de zumbido no ouvido. Pois os dispositivos mascaram o ruído que é relatado como muito incômodo pelo paciente.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

Dacriorrinocistostomia

(Google Imagens)

A cirurgia de dacriorrinocistostomia é realizada para os pacientes com epífora (infecção ocasionada pela oclusão das vias lacrimais). Nesses casos, a via lacrimal do paciente apresenta oclusão crônica, com lacrimejamento e infecções de repetição no sistema de drenagem da lágrima para dentro do nariz. O acúmulo da lágrima no canto do olho acarreta incômodo e desconforto. Sendo assim, o procedimento é realizado por vídeo-cirurgia nasal e proporciona uma ampla abertura do saco lacrimal para a parte interna do nariz, o que acaba por solucionar o problema na maior parte das vezes.

Dr. Nédio Atolini Jr

Otorrinolaringologista

PRECISA DE UM ATENDIMENTO PERSONALIZADO?

Ligue agora para 54 3327 2276 e converse com nossos profissionais!

Instagram